Marketing e Negócio

Plano de Marketing para a sua loja online: Como fazê-lo?

O plano de marketing é o documento que guia as ações estratégicas que deve levar a cabo para alcançar determinados objetivos de marketing. Por isso, criar a sua estratégia é um passo indispensável para implementar uma tática eficiente e com capacidade para gerar resultados.

Ainda que existam muitos autores e metodologias que indicam o caminho para definir um plano de marketing, tem de abordar uma série de questões para elaborar uma estratégia funcional, como detalhamos abaixo.

1. Análise de mercado: conheça os seus concorrentes

Defina claramente o conceito do seu negócio e depois investigue os seus concorrentes no mercado. Estes serão empresas com negócios semelhantes naquilo que vendem ou na forma como o fazem. Recomendamos que, se possível, experimente o seu produto ou serviço, para realmente conhecer como funciona. De seguida, elabore um relatório com os aspetos mais relevantes e inclua-o no seu plano de marketing, será bastante útil!

2. Análise SWOT: onde está e que estratégia seguir?

Uma vez que já identificou e conhece os seus concorrentes, chegou o momento de analisar a sua própria empresa. Pense e redija quais as suas forças (strengths) e fraquezas (weaknesses) – intrínsecas ou próprias da empresa, assim como as oportunidades (opportunities) e ameaças (threats) – extrínsecas ou do mercado/concorrência. Este processo servirá, tanto para definir as vantagens e debilidades do seu negócio, como para detetar as oportunidades a aproveitar e as mais vulneráveis.

3. Definição do Target: quem vão ser os seus clientes?

Chegou a hora de definir o target da sua empresa (público alvo). Quanto mais detalhado, melhor! Porquê? Porque desta forma, maior será a probabilidade de colocar à sua disposição um produto/serviço que represente valor para ele ou que lhe resolva um problema. Aconselhamos que defina uma amplitude para a idade, sexo, nível socioeconómico, localização, o que gosta, onde realiza as suas refeições, etc.

4. Definição da USP: o que o faz único?

Para definir a sua USP (Unique Selling Proposition) faça a si mesmo a seguinte questão: O que oferece o meu produto/serviço ao meu target, que o torna completamente diferente da concorrência atual? Deve pensar num aspeto que fará do seu produto único e dificilmente imitável.

5. Posicionamento: onde estar e como comunicar?

O posicionamento define-se como “A frase que queremos que surja na mente do nosso cliente quando pensa na nossa empresa”. Alguns exemplos de sucesso descrevem exatamente aquilo que pretende representar a marca e os seus valores, como é o caso da GEOX “O sapato que respira” ou a Apple “Think Different”. Este passo ajudá-lo-á na conceção que quer disponibilizar ao cliente e como comunicar a dita oferta de valor.

6. Os 5 P’s: 5 questões às quais terá sempre de responder

  • Product: o que vai vender?

Defina as características, atributos e benefícios do seu produto/serviço.

  • Price: quanto vai custar?

Para decidir o preço a realizar, deve considerar os custos e margens, assim como o preço praticado pela concorrência. Assuma uma posição, dependente da conveniência: estar acima, abaixo ou igual à concorrência.

  • Promotion: como vai dar a conhecer o produto/serviço?

Existe uma enormidade de meios que podem ser utilizados, tanto online como offline. Defina quais os meios mais indicados para obter o posicionamento desejado e corresponder aos objetivos de venda.

  • Place (distribuição): como chegará o seu produto até às mãos dos clientes?

Após uma profunda análise, decida se o modelo de negócio adotado integrará venda direta ao cliente ou venda através de um terceiro (distribuidor), se será um negócio físico ou eletrónico, entre outros.

  • Pós Venda: como é a experiência do cliente após a compra?

A estratégia de pós-venda é muito importante para o seu negócio. Deve integrar um acompanhamento próximo dos clientes após a compra, de forma a criar recorrência e aumentar as suas vendas.

7. Plano de ação: de olhos postos no futuro

Neste último ponto, aconselhamos o desenvolvimento de um plano detalhado para o espaço de tempo de um ano (podendo este ser revisto mensalmente), que inclua os timings e pessoas responsáveis por cada uma das atividades a levar a cabo.

Como pode ver, um plano de marketing é um documento que exige bastante tempo e dedicação, mas em contrapartida, aporta um grande valor, já que não só expressa um manual de execução, como levará a empresa numa direção específica, evitando desvios e imprevistos. Este é, e sempre será, essencial para qualquer empresa, independentemente da sua dimensão.

 

Aqui encontra os melhores conteúdos para o seu e-commerce