E-COMMERCE

O desafio das entregas Last Mile

O mercado de e-commerce e respectivos parceiros de logística enfrentam hoje em dia, mais do que nunca, desafios diários constantes que devem ser superados se as empresas querem sobreviver e manterem-se fortes no mercado.

Um dos maiores desafios que estas empresas enfrentam são as entregas Last Mile, que se têm tornado mais complexas devido ao forte crescimento das zonas urbanas. Previsões indicam que teremos mais de 600 milhões de pessoas a viver em ambientes urbanos até 2030, urge, portanto, o desenvolvimento tecnológico e logístico para melhorar o serviço nestas áreas.

Afinal o que são entregas Last Mile?

São a parte final da entrega de um produto. Quando um cliente faz uma compra numa loja online, uma das suas primeiras preocupações que tem é saber quando vai receber a encomenda. Após feita a mesma, as informações indicadas para entrega passam por vários responsáveis, encarregues de fazê-la chegar o mais rapidamente possível ao destino pretendido. O grande desafio é conseguir o menor tempo de entrega com o menor custo para a empresa.

É nesta parte final das entregas, a Last Mile, que existe uma maior margem de erro. Uma entrega muito lenta significará um cliente mais insatisfeito, uma entrega muito rápida pode significar custos demasiado elevados para a empresa.

Segundo Katja Busch, CCO da DHL “ As entregas Last Mile têm vindo a tornar-se cada vez mais o principal campo na cadeira de fornecimento de comércio electrónico, e as empresas terão de desenvolver estratégias orientadas nesta área para competir de forma eficaz”. A responsável da distribuidora acrescentou ainda que “não se trata apenas de transporte, mas da abordagem geral das empresas no que se refere à gestão de inventário – colocar os itens certos no lugar certo, na hora certa. A DHL está a desenvolver soluções focadas para ajudar as empresas de comércio electrónico a atingir os seus clientes finais com rapidez e eficiência, desde a aprendizagem automática para melhorar o envio de encomendas e documentos dentro das cidades, até ao aumento da automatização nas nossas redes de distribuição”.

Quatro tendências estão a traçar o transporte urbano de Last Mile, as mesmas foram identificadas no relatório Redução das Entregas Last Mile: Estratégias Logísticas de Sucesso na Corrida ao Consumidor Urbano.

A entrega localizada, a evolução tecnológica, redes flexíveis de entregas e a logística sazonal são considerados os desafios mais presentes no mundo da logística e das entregas. De destacar, em termos de logística sazonal o desafio para as empresas desta área é cada vez maior, o crescimento de feriados e dias comemorativos como a Black Friday entre outros obriga as mesmas a contratar a curto prazo para fazer face às exigências dos clientes nestas datas. Em relação a estes desafios, a DHL definiu um plano de resposta “que ajudará os retalhistas e operadores logísticos a garantir sua competitividade ao longo do last mile. Através da melhoria do desempenho no aumento da automatização, gestão de dados e criação de flexibilidade nas redes, as empresas de comércio eletrónico poderão gerir melhor o inventário em todos os mercados e aumentar a eficiência das suas redes de entrega last mile».

Todas estas novas dinâmicas e alterações vieram obrigar o mercado, e os seus principais players, a moldar formas de trabalhar, localizações de centros de distribuição e a estar muito mais atentos às evoluções tecnológicas e aos novos concorrentes que possam surgir no mercado.

Aqui encontra os melhores conteúdos para o seu e-commerce