Tecnologia e Inovação

M-commerce, a tendência do comércio online que veio para ficar

O comércio online deu um passo em frente ao analisar as potencialidades que os diferentes dispositivos incrementam no acesso à internet. Desta forma, surgiu o m-commerce ou o comércio online móvel. Esta tendência é uma evolução lógica do comércio online e tudo indica que a compra e venda de produtos ou serviços, através de dispositivos móveis, vai continuar a aumentar.
Comprar em qualquer momento e lugar permite aos utilizadores pesquisar confortavelmente, o que se traduz num sentimento positivo em relação à nossa marca.

Como nasceu esta tendência?

Existem várias maneiras de comprar online mas o m-commerce usa aplicativos e sites adaptados aos diferentes dispositivos móveis. É por isso que é muito importante ter um site responsive (adaptado ao ecrã móvel) capaz de satisfazer os clientes que utilizam um smartphone, um tablet ou qualquer outro dispositivo móvel.

Outro fator que levou a esta tendência de compra através de telemóveis ou tablets foi o aumento da confiança do consumidor. Os certificados de segurança, a qualidade da experiência do utilizador e a grande vantagem de consultar o que se quer e quando se quer de forma segura, permitiram ao m-commerce dar passos gigantes.

M-commerce, a tendência do comércio eletrónico que veio para ficar

Portanto, um dos fatores-chave nesta área é a facilidade de acesso. Ao utilizar dispositivos móveis, devemos ter em conta que, na mobilidade, temos pouco tempo, há muitos estímulos que precisam de ser abordados e que o ecrã, onde a informação é apresentada, é menor. Desta forma, é necessário que a app seja simples e que o utilizador faça o menor número de cliques possível (ou toques no ecrã) para fazer a compra final. É importante destacar que o catálogo de produtos e serviços deve ser atualizado constantemente.

Objetivo: melhorar a experiência do utilizador

O m-commerce permite-nos adquirir mais informação pessoal de todos os clientes, de modo a dar-lhes uma melhor experiência enquanto compradores, o que poderá, no futuro, originar mais transações.

Da mesma forma, os aplicativos permitem-nos armazenar informações pessoais do utilizador, de maneira a que numa compra futura, possamos reduzir o tempo de utilização, algo que o nosso consumidor irá certametnte agradecer.

O e-commerce oferecerá uma disponibilidade completa, o que o transformará num negócio eficiente e bem comunicado. Por último, mas não menos importante, devemos conhecer o nosso cliente muito bem: o dispositivo que ele usa, o tipo de compras que ele faz, etc.

É fundamental prestar atenção ao nosso nicho de mercado, aos nossos clientes e às nossas estratégias de vendas. Uma coisa é certa, as novas tendências existem por algum motivo e nós devemos considerar segui-las.

Aqui encontra os melhores conteúdos para o seu e-commerce