Tecnologia e Inovação

Dicas de SEO para PME’s: atraia mais clientes e melhore as suas vendas

Porque é que é importante ter uma boa estratégia de SEO no seu site? Se o seu negócio é uma loja online, é imprescindível que a sua oferta de produtos apareça  nas primeiras posições dos motores de busca que ordenam os resultados em função daquele que consideram ser o conteúdo mais relevante.

O SEO é a chave do marketing online, especialmente para aquelas lojas online que não disponibilizam os seus produtos de forma localizada mas que pretendem cruzar fronteiras angariar clientes globalmente. Se o seu negócio é uma pequena ou média empresa, neste artigo mostramos-lhe as chaves para a otimização do seu posicionamento nos motores de busca e para a obtenção de bons resultados sem ter de investir uma grande quantia em marketing.

1 – Escolha bem as palavras-chave

Utilize ferramentas gratuitas como o Keywordtool.i, Ubersuggest.org ou o KW Finder para selecionar as palavras-chave mais adequadas. Acrescente à sua lista várias palavras ou frases-chave bastante específicas e que estejam relacionadas com os produtos que apresenta. Ainda que as palavras-chave mais específicas possam não atrair tanto tráfego como as mais gerais, estas demonstram um índice de conversão superior.

2 – Cuide da frequência das palavras-chave e crie conteúdo relevante

Ainda que acrescentar palavras-chave resulte, repeti-las frequentemente penaliza o seu site. Segundo o SEO Moz, um dos serviços de otimização de SEO mais prestigiados a nível global, a frequência das palavras-chave para a maioria das páginas deveria ser a seguinte:

  • Uma vez no título
  • Uma vez no cabeçalho
  • Duas a três vezes no corpo de texto
  • Uma vez na metadescrição

É importante que crie conteúdo original e relevante que o motor de busca considere útil para os utilizadores e em que as palavras e frases-chave se integrem da forma mais natural no texto. Além disto, é aconselhável a redação de conteúdos que sejam semanticamente ricos e que utilize diversos sinónimos e palavras relacionadas com as suas palavras-chave, para que, os motores de busca possam interpretar melhor os seus conteúdos.

3 – Tenha atenção ao título e metadescrição

O metatítulo é a parte que mais se destaca nos motores de busca. Tenha em conta que grande parte dos utilizadores lê apenas o título, pelo que, é importante torná-lo apelativo para conseguir cliques. A longitude recomendada é de cerca de 65 caracteres, sendo que a maioria dos motores de busca convertem em pontos específicos os caracteres que ultrapassam este limite. Tenha em conta a longitude e as palavras  que utiliza para que sejam um bom “isco” de visitas para o seu site.

O mesmo se pode dizer da metadescrição. Ou seja, o texto que aparece por baixo do título e do URL nos resultados de pesquisa. Neste caso, não supere os 160 caracteres e inclua a palavra-chave principal. Se as palavras que utilizou na metadescrição coincidem com as da pesquisa do utilizador, estas aparecerão a negrito, aumentando as probabilidades de gerar tráfego para a sua página.

4 – Ligue o seu conteúdo web

Os motores de busca rastreiam os sites existentes na internet para recolher e classificar a informação que apresentam. Ao fazerem-no, compreendem as ligações existentes entre sites e páginas, sendo por isso muito importante que ligue todo o seu conteúdo de modo a facilitar o rastreio dos motores de busca.

Coloque em prática estas quatro dicas e verá as visitas ao seu site crescerem.

Aqui encontra os melhores conteúdos para o seu e-commerce