Marketing e Negócio

Como colocar em prática uma estratégia de crowdmarketing

O que é o crodmarketing?

O crowdmarketing é uma técnica digital que procura aproveitar os públicos já existentes, afetos a influencers, para promover produtos e acelerar o penoso processo de criar uma audiência própria numa rede social. É semelhante ao marketing realizado através de celebridades, no qual os famosos recomendam produtos, contudo, neste caso quem o faz são influencers com reputação estabelecida no setor em que atuam.

Que vantagens tem?

Recorrer a influencers tem a vantagem de ser mais barato do que recorrer aos serviços de uma figura pública e, além disso, permite atingir segmentos muito mais específicos. Por exemplo, o Cristiano Ronaldo pode cobrar um valor elevadíssimo para promover uma marca de batatas fritas na sua conta do Twitter, contudo, se se dedicar à venda de cosméticos na internet, ser-lhe-à mais viável entrar em contacto com uma Youtuber que se dedique inteiramente aos vídeos de maquilhagem. Se chegar a acordo para promover o seu site e os seus produtos, conseguirá melhorar a sua presença nas redes sociais, os seus resultados de SEO e aumentar as vendas.

Como encontrar influencers:

Para começar, é necessário encontrar os influencers coincidentes com a audiência que se pretende atingir. Atualmente existem agências de marketing dedicadas a este fenómeno e cada vez são mais os influencers que assinam contrato com as mesmas. Se prefere saltar a parte dos intermediários, é uma boa ideia criar a sua própria lista, pesquisando através de hashtags relevantes para o seu setor de atuação, combinando este parâmetro com a periodicidade de publicações. Existem também alternativas como o Buzzsumo ou o Social Mention para que fique a conhecer o índice de popularidade de um influencer nas redes sociais. No caso do YouTube, existem as trends, que lhe irão  permitir encontrar os vídeos mais partilhados e perceber através de filtros como sexo e idade quais são os vídeos mais destacados.

Aspetos legais do crowdmarketing:

Como em muitas outras vertentes do marketing digital, o crowdmarketing é tão recente que ainda não permitiu o desenvolvimento de legislação específica em Portugal. O tipo de acordo a que se pode chegar com os influencers pode variar desde uma simples mostra de produtos para a sua valorização até contratos detalhados nos quais se especificam o número de conteúdo das publicações a realizar. Uma vez mais, as agências especializadas estão a ganhar cada vez mais terreno ao disponibilizarem serviços especializados que incluem a redação dos contratos e serviços de assessoria legal. Se decidir recorrer aos serviços de um influencer por sua conta, recomendamos a redação de um contrato, o mais detalhado possível, no qual se deverão especificar as menções à marca, o número e periodicidade de posts e a sua extensão.

Dependendo do setor ao qual se dirige, o crowdmarketing pode ser uma opção publicitária mais em conta que os anúncios em meios tradicionais. Influencers com muitos seguidores cobram inclusivamente preços mais baixos quando comparados a outros meios de comunicação. Se for capaz de encontrar o seu público alvo, os micro-influenciadores podem também ser uma boa opção. Com um custo moderado, proporcionam um bom ROI, muito superior a outros tipos de publicidade, como Google Ads. Tal como acontece com outras técnicas de marketing digital, o crowdmarketing, permite-lhe avaliar os resultados em tempo real e modificar a sua estratégia de acordo com o impacto nas suas vendas.

Aqui encontra os melhores conteúdos para o seu e-commerce