Marketing e Negócio

Aprenda a utilizar a personalização para converter os seus clientes

Uma boa estratégia de marketing deve girar em torno daqueles que fazem com que o seu projeto tenha êxito: os seus clientes. Para isso, é necessário criar uma resposta individual para cada consumidor, acrescentando-lhe valor.

O marketing de personalização (conceito cada vez mais em voga em startups e novos modelos de negócio) está de mãos dadas com a análise de necessidades e expectativas que um produto ou marca pode despertar no utilizador, o que gera um aumento da taxa de conversão, uma maior taxa de fidelização e, por isso, uma visão positiva da marca. A personalização na sua oferta de produtos e serviços é a chave para alcançar o êxito.

Segundo Héctor Carramiñana, CEO da Amovens, a personalização “é uma forma eficaz de obter rapidamente elevadas taxas de conversão, pois ao aplicá-la adianta-se ao que o cliente procura, necessita e, de uma forma ou de outra, está conectado de uma maneira mais direta com o consumidor final, criando assim um vínculo empresa-cliente, onde este último se converte em parte da empresa, quase como se cada um dos utilizadores fosse uma peça do puzzle que é um negócio”.

Conselhos para personalizar a experiência do utilizador

O marketing de personalização coloca-o numa posição muito mais recetiva por parte dos utilizadores, graças ao conteúdos personalizado que lhes chega. Estes conselhos irão ajudá-lo a seguir uma estratégia de personalização eficaz:

Conhecimento do cliente

Antes de mais nada, é importante realizar diversos estudos para saber se realmente quer aplicar esta estratégia e o que vai obter com ela. Para isso, de forma rápida e muito geral, deverá conhecer mais aprofundadamente os seus utilizadores e realizar uma primeira segmentação dos mesmos, de modo a saber melhor a que setor se quer dirigir.

Os gostos, hábitos, preferências e características dos seus clientes, são essenciais para ter um conhecimento profundo sobre os mesmos e, desta forma, levar a cabo uma boa estratégia de personalização. Como vê, a chave está nos dados: numa base de dados atualizada com perfis detalhados irá ajudá-lo a conhecer o seu público.

Desenvolver uma voz credível e fazer sugestões

Conhecendo o seu cliente, deverá decidir de que forma comunicar, como fazê-lo e, sobretudo, ter em conta que cada utilizador que aceda ao seu site represente mais um euro para o lucro do seu negócio. Deverá conhecer os seus clientes, estabelecer um vínculo com os mesmos e, dependendo dos casos, chegar a uma interação real com os mesmos para que estes creiam plenamente na sua marca.

Desta forma, através dos diversos canais de comunicação, a interação e a criatividade são dos fatores mais importantes a ter em conta. Graças às redes sociais, as lojas online são capazes de ter conversas e atender cada um dos seus pedidos de forma completamente personalizada.

Uma das bases da estratégia de personalização são as recomendações. Estas têm como objetivo aumentar o valor médio do pedido, oferecendo alternativas de compra e apresentando produtos complementares.

Uma técnica que garante bons resultados é a oferta de uma montra personalizada na página inicial do site. Isto irá garantir-lhe um maior volume de vendas. Mas como? A resposta é simples: apresentando produtos em função do perfil individual de cada utilizador.

Não caia no excesso de personalização

Segundo um estudo da Accenture, 40% dos consumidores indica que o excesso de recomendações pouco eficazes os leva a abandonar o processo de compra devido à saturação. Selecione o momento e as recomendações adequadas de modo a evitar que o seu cliente abandone o processo de compra.

Atualmente, podemos ver exemplos claros no Google, onde se recompensam os utilizadores que valorizam diferentes aspetos dos produtos, “criando uma onda gigante de utilizadores que dão opinião acerca do seu produto é perder qualidade nas suas opiniões/juízos”. “Há que ter em conta se quer mais opniões ou se, por outro lado, é preferível ter menos mas de maior qualidade”.

Que elementos poderá personalizar?

A oferta de produtos, as promoções, a comunicação, os seus serviços,… Todos aqueles que influenciem o processo de compra do seu cliente são personalizáveis.

75% dos consumidores agradece o facto de que as marcas lhes enviem mensagens e ofertas personalizadas. Uma boa estratégia de personalização é chave para otimizar as vendas da sua loja online, tirando o máximo partido dos seus atuais clientes.