Marketing e Negócio

A maioria do e-commerce centra-se nas vendas dentro da UE

Apenas 7% das vendas de e-commerce provêm de outros países.

Ao longo do ano, são várias a publicações realizadas referentes ao elevadíssimo crescimento do e-commerce na União Europeia. Por exemplo, no último artigo do Ecommerce Foundation sobre o estado do comércio eletrónico, no continente europeu (European Ecommerce Report 2017), podemos observar como todas as regiões afirmam um crescimento positivo do mercado, superior a 10%: Europa Ocidental (13%), Europa do Norte (15%), Europa Central (11%), Europa de leste (16%), Sul da Europa (18%).

No entanto, os dados recolhidos pela Eurostat, salientam que apenas 7% das vendas são produzidas fora do país de origem. Segundo o Ecommerce Foundation, apenas 18% dos consumidores realizaram uma compra online a outro país da UE, no último ano.

Ainda que este report esteja pendente de uma atualização para o presente, certo é que a carência de projeção do e-commerce para o panorama europeu, contrasta com as atuais oportunidades de negocio, face à penetração da internet com uma média superior a 80% na maioria dos países e com a proeminência de vários países na vanguarda do consumo online para todo o Mundo (Reino Unido, Alemanha, França, etc.)

Para além da constituição do Mercado Único, o desenvolvimento do Open Banking, as transferências SEPA e as restantes infraestruturas de pagamento, deverão fomentar a expansão do e-commerce, assim como de outros mercados europeus.

Aqui encontra os melhores conteúdos para o seu e-commerce