DHL PARCEL

A DHL Resilience360 ajuda as empresas a evitar ruturas causadas por furacões na cadeia de distribuição

O algoritmo do sistema DHL Resilience360 analisa o caminho projetado de um furacão ou ciclone e notifica os utilizadores sobre possíveis impactos nas suas cadeias de distribuição específicas.

Melhorias nas previsões meteorológicas agora permitem aos cientistas prever o caminho de um furacão de três a cinco dias de antecedência.

  • O novo relatório de riscos oferece uma visão geral dos “clusters” industriais em risco e trajetórias comuns de tempestades na América, no leste asiático e a norte do Oceano Índico
  • A DHL Resilience360 oferece recomendações de curto e longo prazo para mitigar o impacto das tempestades nas cadeias de distribuição.

No período que antecedeu a temporada de furacões de 2019, a Resilience360, divulgou um relatório sobre os possíveis impactos dessas tempestades na cadeia de distribuição. O relatório “Stormy Weather Ahead: Uma Perspetiva Global sobre a Temporada 2019” examina as fases da tempestade de 2018 no Hemisfério Norte e fornece uma ideia sobre a temporada de 2019, incluindo os caminhos típicos da tempestade em cada região, bem como áreas e indústrias vulneráveis. Também se incluem recomendações para responsáveis de compras, logística e gestão de continuidade de negócios para prever o impacto dessas tempestades nas cadeias de distribuição.

Ao mesmo tempo, a Resilience360 encontra-se agora num período de otimizações para aprimorar a sua capacidade de rastreamento e alerta de meteorologia. O algoritmo analisa o caminho projetado de um furacão ou ciclone e notifica os utilizadores sobre possíveis impactos na sua cadeia de distribuição específica. Usando os novos recursos, os clientes poderão obter análises melhores em locais afetados e avaliar o que isso significa para a capacidade da empresa de produzir e entregar o produto final aos seus clientes.

“Um pequeno furacão que afeta apenas uma pequena região pode, no entanto, revelar-se desastroso se afetar um centro de logística crucial ou um fornecedor crítico”, explica Tobias Larsson, CEO da Resilience360.” A preparação é a chave para evitar interrupções dispendiosas. Apesar da crescente complexidade das cadeias de distribuição, as tecnologias mais avançadas permitem mapear as cadeias em várias camadas, incluindo interdependências para cima e para baixo. Isso possibilita entender como as mudanças num nó como navios de carga encalhados num porto — podem impactar toda a cadeia. Quando as empresas são capazes de visualizar onde os problemas podem surgir, eles também podem planear adequadamente com fornecedores alternativos e reencaminhamento quando uma tempestade está prevista para atingir uma área chave.

As melhorias nas previsões meteorológicas agora permitem que os cientistas prevejam o caminho de um furacão com três a cinco dias de antecedência, permitindo aos especialistas ganhar uma janela crítica de tempo para responder antes que ocorram interrupções.

Áreas e indústrias em risco

Na América, as indústrias aeroespaciais, petroquímica, automóvel e farmacêutica tendem a estar em áreas propensas a riscos na Florida e ao longo do Golfo e da Costa Leste, bem como em Porto Rico. A temporada de tufões no leste da Ásia pode ameaçar os centros de manufatura na China e no Japão, os aglomerados automóvel no interior da China e os fornecedores de eletrónica no sudoeste do Japão. Para o norte do Oceano Índico, mais de 80% dos ciclones afetam a costa leste da Índia, afetando a indústria petroquímica, farmacêutica, automóvel e outras indústrias pesadas.

Amenizar as interrupções da cadeia de distribuição

Apesar da dificuldade de prever exatamente quando e onde as tempestades irão surgir, as empresas podem adotar medidas de precaução a curto e longo prazo para amenizar o seu impacto. No curto prazo, as empresas devem criar planos de continuidade, armazenar materiais essenciais e garantir que os métodos de comunicação estejam disponíveis caso falte a energia.

Os especialistas em gestão de risco da DHL usam técnicas avançadas de mapeamento, informações quase em tempo real de organizações meteorológicas e a ferramenta de gestão de risco e visibilidade Resilience360 para identificar possíveis tempestades e interrupções para cadeias de distribuição específicas de clientes.

Pode encontrar o relatório completo “Stormy Weather Ahead: Uma Perspetiva Global sobre a Temporada 2019” em www.resilience360.dhl.com .